Menu de navegação
Midias Sociais
Informações
Endereço

Travessa da CDL, 221, Centro Ji-Paraná - Rondônia

Email

contato@cdljp-ro.com.br

Telefones

+55 (69) 3421.9772 | 3422.3385

Boomerang - Style Builder

Layout options


Header options


Color options

Red Violet Blue Green Yellow Orange

Special

Black and white Dark Flat

Começa a temporada de contratações para o fim do ano

O levantamento mostra que a maior parte dos empresários consultados pretende contratar apenas um funcionário.
Data de publicação: 07/12/2018
Original fotolia 112201474 subscription monthly m



   Foi dada a largada para a temporada de contratações de fim de ano nos setores de comércio e serviços. Para este ano, a expectativa é de que sejam abertas 59,2 mil vagas em todo o país — número levemente superior aos 51 mil novos postos previstos para o mesmo período do ano passado. 

   Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que o principal motivo de reforçar o quadro de funcionários é atender ao aumento da demanda neste período do ano.

   O levantamento mostra que a maior parte dos empresários consultados (46%) pretende contratar apenas um funcionário, enquanto 28% devem absorver dois novos colaboradores na expectativa de um Natal e Ano Novo mais aquecido. Outra boa notícia que reflete o bom ânimo dos empresários é que entre os que já contrataram ou que irão contratar neste fim de ano, 43% empregarão temporários, 33% abrirão vagas formais e 29% informais. Há ainda 16% de casos em que a contratação será terceirizada.

   Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, os números sinalizam uma recuperação gradual da economia e injetam otimismo para o início do novo ano. “Para um país que vinha fechando postos de trabalho, os dados acenam para boas oportunidade de trabalho. Quem procura por uma recolocação pode encontrar nas vagas de fim de ano a chance de colocar a vida financeira em ordem”, afirma.

Comércio e serviços aquecidos

   A melhora no quadro de contratação está em linha com a expectativa de que as vendas nesse ano devem ser melhores do que em 2017. Para 41% dos empresários que atuam nos setores de comércio e serviços, o desempenho de 2018 será melhor, enquanto 36% falam em resultados iguais e apenas 8% esperam números piores. A expectativa média é de um crescimento de 8% nas vendas deste fim de ano, enquanto no ano passado a previsão era de 1%.



Fonte: CNDL/SPC Brasil

PUBLICIDADE

Original click